RSS

Parace fácil….mas é complicado!

Olá! Depois de conversar com o meu Katertje (*), resolvemos que eu iria passar o tempo que o meu visto de turista permite – 3 meses – na cidade dele, para ir me ambientando com o clima (inverno!!) e fazer aulas de holandês, para me preparar para o exame de integração, aqui no Brasil.

Definido os planos, agora vem a parte que me toca fazer: obter documentação e organizar a minha VIDA por aqui.

Gente, no início, eu achei que a documentação era a pior parte: conseguir certidão de nascimento (não pode ser o documento antigo que eu tenho aqui, de 1900 e guaraná com rolha), declaração de solteira ( :-)essa é tri (**) ), que devo fazer em algum cartório aqui em Porto Alegre, documento de bons antecedentes (??), expedido, creio eu pela Polícia Federal.

Ah…é só isso de documento??? Bem…ainda não terminei a saga!!!

De acordo com o consulado holandês aqui da cidade (é um consulado honorário…) depois de eu ter os documentos em mãos, eu preciso levar os mesmos para o escritório do Itamaraty – Relações Exteriores do Brasil, validar (?) esses documentos. Depois de “validados” mando para o consulado holandês em São Paulo! Ahhh….antes de mandar os documentos para o consulado em SP, eu ainda tenho que traduzir os mesmos com um tradutor juramentado, que para facilitar a minha vida, estão localizados em Curitiba e Holambra (SP). Aqui em Porto Alegre, não temos um tradutor juramentado holandês.

Complicado? É…parece….

Mas organizar a minha vida….Se fosse só pagar a “fratura” do cartão de crédito, o crediário na Marisa…seria fichinha: é só pagar e parar de gastar!!!

O que me tira o sono é outra coisa…..

Comprei um apto na planta, algum tempo atrás. Venho pagando para a construtora um valor “x” mensal.

Não dá pra eu sair “á francesa” e deixar essa conta para a minha família pagar, né? Até porque, quem fez o negócio fui eu. E sou eu quem deve finalizar!!!

Fui me informar com eles, quanto á possibilidade de eu desistir do contrato….eu posso sim, fazer isso, mas eles me devolvem 10% (DEZ POR CENTO) de tudo o que eu já paguei!!!! 😦  SOCORROOOOO!!!!!!

Eu não posso sair daqui enquanto eu não resolver isso. E a minha vontade de começar lá do outro lado é tão grande, que estou ficando ansiosa com essa história do “apê”.

Preciso pensar em alternativas, que não me deixem tanto no prejuízo!! Pior é que eu penso e penso, e nadaaaaa!!!

(*) Gatinho / (**) Pode ter vários significados…aqui: “boa”, “bacana”, “engraçada”

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em outubro 23, 2011 em Imigração

 

Tags: , , , ,

Quem merece tomar “choque”? Eu??

Pois é….quando chega a sexta-feira, tudo parece maravilhoso…..em especial essa sexta-feira: o dia estava lindo, solzinho gostoso, passarinhos cantando….Pois bem…..na quinta-feira, dia 13, houve uma alteração em massa dos usuários de um sistema integrado que a empresa onde eu trabalho usa….pois bem, como toda alteração de sistema, sempre dá algum problema, mas o que vou relatar abaixo, foi a “gota d’água” para uma situação que vinha se perdurando a tempo….

Vamos aos fatos!

Por uma gentileza e porque a empresa apresenta um quadro reduzido de funcionários (aquela “economia” que todo mundo já conhece: a empresa atola os funcionários de serviço, pagando mal e porcamente o salário de um empregado; o empregado faz o serviço de 3 ou 4 pessoas…), quando uma colega do meu setor entrou em licença maternidade eu assumi temporariamente parte do serviço dela.

Aí, ela voltou e eu continuei fazendo a minha parte mais essa parte dela….(tá ok, ésó uma parte do que ela deveria fazer, mas, igual….não é o meu escopo…)

O tempo foi passando e comentei com meu chefe que já que eu havia assumido uma outra tarefa que não estava no meu escopo, e se devido a isso, não haveria a possibilidade de eu ganhar uns reais á mais…..Na época ela disse, que tudo bem, era justo o meu pedido e tal…..Passaram-se doze meses e eu estou aguardando sentadinha, pra não cansar….

Acontece que nesse ínterim, acabei assumindo pra valer essa parte de autorização no sistema, então, obrigatoriamente, eu preciso entrar constantemente em contato com um colega na Alemanha…gente…o cara é muito estúpido…ou melhor, arrogante. É muito difícil ele achar que tu fez alguma coisa certa. E olha que eu falo alemão, já tentei puxar um papo com ele, toda minha comunicação com ele é super formal e educada, mas o cara não tem o mínimo tato. Em geral, ele sempre me responde dizendo que fiz algo errado ou que não é como ele quer, mas KCT!!! Eu estou fazendo uma função na qual nem a pessoa que me ensinou teve um treinamento adequado!

Culminou que, nesta última sexta-feira, após várias tentativas da minha parte em solucionar um problema que estava afetando vários usuários, ele me manda o centésimo email referente ao mesmo problema, dizendo que fiz errado (ok, exagero….não foram 100 emails, mas foram pelo o menos uns 10 emails trocados sobre o mesmo tema: eu pedia ajuda, mandava as informações solicitadas por ele, e ele me retornava dizendo que não era aquilo…) e pede para a minha colega (aquela que nao mais tomou conhecimento do sistema…) me ajudar, pois eu não estava entendendo…

Genteeeemmmmmm….a minha colega fez EXATAMENTE a mesma coisa que eu fiz. O meu gerente também fez a MESMA COISA que eu tinha feito antes….mas aí, ao invés do alemão ficar uma fera, ficou “pianinho”…..PORQUE?????? Eu não entendi….

Mas o melhor mesmo, foi o meu chefe reencaminhar (dizem que por engano…) o email onde eu dizia para ele que não iria tratar mais nada com o cara lá da Alemanha, pois já fazia algum tempo que me sentia mal, duvidando da minha capacidade, pois nunca nada está bom para ele…..Eu fico imaginando o alemão colocando o meu texto no Google Translator para saber o que foi que eu disse……

Bom….decidi que o melhor mesmo era não fazer mais a tarefa de ninguém. Conversei com o meu chefe e disse que não poderia mais ajudar a equipe com o tal sistema e que afinal de contas, o mesmo não faz parte das minhas tarefas. Minha função é completamente outra….aparentemente ele entendeu e concordou, mas a minha colega não ficou nada feliz……..

Eu fico contente, pois eu não havia recebido um real á mais para executar as tarefas de outra pessoa….Já a colega, aumento e curso de inglês recebeu…..

Tenho ou não tenho que tomar “choque”?

 
Deixe um comentário

Publicado por em outubro 18, 2011 em Uncategorized

 

Para cada escolha, uma renúncia..​…

Caros!

Em princípio esse vai ser um  blog de “variedades”: vou registrar nele as minhas impressões, sugestões, notícias, coisas que eu acho interessante, enfim, vou tentar utilizar a internet da maneira mais produtiva o possível.

Tamanco Holandês? Por que esse nome? Bem…estou em preparativos para uma mudança, quase que radical na minha vida: após refletir muito,  decidi que vou viver com o amor da minha vida. Aonde? Em uma cidadezinha chamada Den Helder, no norte da Holanda/Países Baixos. Eu disse “cidadezinha” não desmerecendo, mas porque ela é pequena mesmo!

Nunca, mas NUNQUINHA eu achei que um dia eu iria  falar isso: “Amor da Minha Vida”. Soa tããão meloso…e eu pareço tãããõ Dura Na Queda…. 😛  Não que eu não acreditasse, mas, por alguns fatos que aconteceram na minha vida pregressa (uau! Que chique….falei bem né?! J ) – leia-se aqui, alguns relacionamentos F-U-R-A-D-O-S, falta de compromisso (tanto da minha parte como da outra…), foco excessivo em trabalho e ascensão profissional, sempre deixei as questões do coração de lado…Tá…não muito de lado…Eu  queria sim me casar, ter família, casa, cachorro e todo o resto, mas na verdade, como não achava meu par, eu evitava pensar…..

Buenas…agora, estou eu, na correria atender todos os trâmites desse processo de imigração. Falta um bom caminho, eu sei: documentação legal, exame de holandês na embaixada…Não vai ser  um “piece of cake!”, mas não é coisa do outro mundo….Nenhuma “trabalheira”, nenhum exame de idiomas ou procura por documentos pode me deixar  tão tensa, tão nervosa ser comparado ao aperto que eu sinto no peito em deixar tanta coisa aqui….minha família…ahh..a minha mãezinha 😦  (minha melhor amiga e companheira…), amigos, trabalho…enfim, praticamente tudo, e iniciar do zero, em outro lugar.O que me move a seguir adiante é que eu sempre soube que em algum momento eu precisaria partir para um “next step”, uma nova etapa da vida….Há dois anos atrás, eu achava que estava iniciando essa nova etapa com a compra de um apartamento, aqui em Porto Alegre…..Cada dia mais eu me convenço que a vida para mudar, não precisa muito: é num piscar de olhos que podemos mudar nossos caminhos.

Eu falei em “deixar” antes…mas como diz o Bee, “ não é que tu nunca mais vai ver a tua família….”, mas mesmo assim, ao menos, por enquanto, parece que não vou ver mais..Ahhh….sabe o que mais? Eu espero que, quando eu estiver lá, eu possa administrar bem as minhas emoções, pois eu vou para lá no espírito de “fazer a coisa acontecer, funcionar”. Afinal, com a vida da gente, a gente precisa sempre trabalhar para que o MELHOR nos aconteça; Tenho fé no Cara Lá De Cima e, principalmente, tenho que ter fé nas minhas decisões! O mais engraçado ( se é que dá pra dizer isso…) é que eu sempre gostei muito de viajar e pelas empresas onde trabalhei, sempre procurei uma oportunidade de ir trabalhar em outro país… Logo que eu me formei, com 24 anos, eu fui morar por quase 8 meses em Nova Iorque….achei que não voltava mais, pois para mim era um mundo surreal e deliciosamente gostoso: gente diferente, lugares bacanas para ir, muita badalação mas também MUUUUUITO trabalho (quase que escravo….rsrsrs….), mas eu gostava. Bem, quando a gente é jovem (…não me acho velha não…..) a gente não cansa nunca…..Naquele tempo, se alguém me dissesse “Guria, arruma as tuas malas que tu vai pra ……” eu ia sem pestanejar. Hoje,  já não foi tão fácil tomar a decisão….Já bati o “martelo”. Cheia de receios, com um pouco de angústia, mas eu vou seguir adiante. O tempo vai me dizer, o(s)  resultado(s) da minha escolha! Beijocas! Mô

 
Deixe um comentário

Publicado por em outubro 12, 2011 em Uncategorized

 

Tags: , , , , , , ,